Dress Code por Andrea Cabral

DRESS CODE

Serve para facilitar a escolha do traje mais adequado para a festa ou evento, porém, o dress code -  código de vestimenta, quando vem indicado no convite acaba assustando e virando assunto para os entendidos de moda. As variações dos nomes confundem e pior ainda, suas interpretações! Como saber se o que é pedido no convite condiz com o que você tem em mente?

A melhor dica que posso dar é perguntar a pessoa que vai te dizer com certeza o que vestir: a noiva ou dono da festa! Ademais, por ocasião do recebimento do convite você já vai saber se ela estipulou o Dress Code ou se ela dá dicas no site criado para o casal, muito comum hoje em dia nos casamentos.

Outra dica valiosa é se atentar ao horário e local da cerimônia e recepção. Se o casamento for de dia, opte por tecidos fluidos e estampados para mulheres e atente ao uso de cores claras para ambos os sexos.

 Para melhor elucidar  o entendimento do Dress Code, eu fiz uma lista completa para você tirar as dúvidas antes de decidir qual roupa usar  e evitar desconfortos durantes as festas e eventos. Lembre-se, essa relação serve para te orientar, nada é absoluto!

Traje Esporte (Casual, Sport Casual)

Como o próprio nome já diz, é geralmente indicado para eventos sociais durante o dia, ao ar livre ou mais casuais como almoço de negócios no final de semana, aniversários, churrasco da empresa. Porém tome cuidado na interpretação desse traje! Camisas de time, moletom e tênis esportivos podem não ser bem vistos. Dê preferência para tecidos mais simples como algodão, malha, jeans, lã, couro.

Mulheres: bermudas, shorts (cuidado com o tamanho, se for festa da empresa opte pela bermuda), saia e blusa, calças, vestidos simples lisos ou estampados, bolsas grandes e médias mas esportivas. Joias simples ou bijoux com pegada fashion. Sapatos de salto baixo ou médio grosso, e dependendo do local, rasteirinhas e sapatilhas.

Homens: calça (pode ser jeans), camisa mais despojada, camiseta de malha, gola pólo, sapatênis ou um tênis mais moderno, mocassim, sandálias. Se estiver frio, blusa de lã e jaqueta jeans caem muito bem.

     

Traje Passeio (Tenue de Ville, Esporte Fino, Alto Esporte)

Um pouco mais formal que o esporte. Este traje é indicado para coquetéis, eventos culturais ou inaugurações. Tecidos como linho, seda, crepe, viscose, musseline, organza, javanesa são bem-vindos.

Mulheres: Vestidos mais simples e curtos, longuete para as mulheres de todas as idades. Pantalonas ou a atual Pantacourt, túnicas, terninhos claros, tailler, sapatos de salto de médio para alto (não necessariamente fino)  e bolsas discretas se sua roupa for mais incrementada  ou com detalhes caso opte por um look mais sóbrio. Brilho com moderação. Como eu já ressaltei, eventos durante o dia pedem um visual mais clássico e discreto, para a noite, requinte e um pouco mais de ousadia.

Homens: calça social e blazer (não precisam ser da mesma cor), camisa de manga comprida que pode ser colorida, com listas finas ou xadrez miúdo. Se o evento for de dia, não precisa usar gravata e dê preferência a ternos claros. Se o evento for ao final da tarde ou à noite, terno escuro e gravata (que na maioria das vezes não é usada nesse tipo de traje). As gravatas quando necessárias podem ser coloridas e estampadas. Para os pés os sapatos de couro (com bicos arrendondados) são uma boa pedida, mas hoje em dia um sapatênis  bonito substitui bem.

   

Traje Passeio Completo (Social)

Usado em casamentos, formaturas, premiações e jantares especiais. Recomenda-se uso de tecidos mais nobres como cetim, crepe, seda e veludo.

Mulheres: Vestidos longos ou longuetes, tailleurs. Decotes, brilhos e transparências são permitidos, mas com moderação. Saltos altos, joias ou bijuterias finas, bolsas pequenas de mão. Cabelo e maquiagem mais trabalhados. No frio, echarpes ou xales ajudam a esquentar.

Homens: Terno escuro, camisa lisa clássica branca ou azul clara, gravata discreta, sapato preto.

   

Traje Gala (Black-tie, À Rigor, Tenue de Soirée ou Habillée)
  
Festas com muito glamour, dignas de tapete vermelho e champanhe francês. Tecidos nobres como seda pura, rendas finas, musselines, bordados em pedrarias, organzas, crepe, jérsei, cetim, tafetá, chamalote, brocado, metalizados, shantung, crepe romano. 
 
Mulheres: Vestidos longos e sofisticados. Caudas, decotes, fendas. Salto alto, meias finíssimas 9sim, voltamos a usar!), carteiras ou bolsas pequenas, joias. Cabelo e maquiagem mais bem elaborados. Mesmo se o cabelo ficar solto é necessário ser trabalhado.

Homens: Smoking. Cetim na lapela do blazer, faixa na cintura combinando com a gravata borboleta, ambas pretas. Camisa branca com pregas na frente. Sapatos de verniz ou normal de couro mas extremamente lustrado.

   

Nas minhas pesquisas eu encontrei algumas variações criativas que podem ser encontradas também nos convites. Se você não descobrir o que é, a melhor saída é perguntar para o anfitrião.  Alguns exemplos:
 
Tropical Chique: cores, estampas e tecidos que lembrem o verão. É um traje esportivo temático.

   

Fashion: traje esportivo mais moderno, alinhado com as tendências da moda que podem facilmente ser encontradas nos instagrans (a musa desses trajes na minha opinião é a Tassia Naves).

Creative Black-tie: um pouco mais de liberdade ao traje de gala tradicional. Os homens não precisam usar smoking completo e as mulheres podem ousar mais. Na foto eu abusei das duas formas!

Summer ou Dinner Jacquet: paletó branco, com gravata borboleta, faixa e calça pretos.

 

Leave a Comment